Visto Nível 2 (Geral) – Visto de Trabalho

Nós somos uma empresa de imigração qualificada e experiente regulada pelo Gabinete do Comissário de Serviços de Imigração (OISC). Nós oferecemos assistência e orientação especializada sobre questões específicas de imigração. Nós não fazemos parte do Ministério do Interior. Informação geral e formulários podem ser encontrados no website do Ministério do Interior www.ukba.homeoffice.gov.uk grátis.

Se você precisa de orientação realista e útil a respeito de visto Nível 2 (Geral), então você veio ao lugar certo. Nós somos especializados em imigração empresarial, principalmente na categoria de visto Nível 2 (Geral) e solicitações de Licença Patrocinada.

Essa rota é para trabalhadores qualificados que tenham sido oferecidos um emprego em uma organização baseada no Reino Unido. A organização tem que possuir uma licença de patrocinador

Para solicitar o Visto de Trabalho Geral Nível 2 o requerente precisa:

  • Uma oferta de emprego devidamente qualificado de uma Empresa britânica que possua uma licença de patrocínio (veja a página ‘licença de patrocinador’ para mais detalhes);
  • Marcar pontos suficientes pelos seus atributos – requerentes ganham pontos se eles são emitidos um Certificado de Patrocínio de uma empresa britânica e se eles forem receber pelo menos o que é considerado um salário adequado para a função de trabalho específica sob os códigos prática;
  • Marcar pontos mostrando que eles têm dinheiro suficiente para sua manutenção (custo de vida) no Reino Unido;
  • Marcar pontos demonstrando que eles podem falar inglês a nível básico;
  • O empregador precisa ter realizado um Teste de Mercado de Trabalhador Residente (veja abaixo), para garantir que um membro da força de trabalho residente no Reino Unido não era adequado para o emprego (embora haja exceções para isso – por favor, entre em contato conosco para maiores informações).

Teste de Mercado de Trabalhador Residente (RLMT)

Como mencionado acima, o RLMT é um método que visa garantir que os empregos que membros da força de trabalho residente (que têm direito absoluto de trabalhar em qualquer ocupação que escolherem) não percam empregos que seriam adequados para eles. O Teste de Mercado de Trabalhador Residente não precisa ser realizado para certos tipos de solicitações de visto Geral Nível 2 (por favor, entre em contato conosco para maiores informações).

Então como o teste funciona na prática e o que os empregadores têm que fazer para passá-lo?

Em primeiro lugar, o empregador ou empregado individual em potencial precisa verificar se o trabalho está no nível de habilidade apropriado e que ele paga um salário que é, pelo menos, o mínimo para essa função de trabalho específica (por exemplo, para “Gerente de Vendas” ou “Engenheiro de Som”, examinando os deveres e responsabilidades da função de trabalho específica de acordo com os Códigos de Prática).

Os empregadores são exigidos de anunciar a posição por pelo menos 28 dias, em pelo menos duas publicações diferentes, variando de sites de emprego do governo a jornais específicos da indústria específica.

É essencial que o anúncio para a função esteja em um formato particular e inclua determinado conteúdo específico. Isto é de importância vital, porque se o empregador não cumprir as exigências rigorosas de como o anúncio deve ser, eles vão falhar no teste.

Falhar no teste é uma experiência muito frustrante, porque isso significa que a empresa terá que começar o teste novamente (anunciar), desperdiçando tempo e dinheiro preciosos (custo de anúncio) e prolongando a data de início do novo funcionário e, portanto, o benefício das habilidades que ele ou ela pode contribuir para a empresa.

Em nossa experiência, a UKBA não é muito flexível no que diz respeito às empresas que “quase” satisfazem o teste, ou mesmo em situações em que eles anunciaram a função da maneira correta, mas não mantiveram registros dos anúncios que satisfaçam a UKBA. Nós temos ajudado muitos clientes que vieram até nós depois de falhar no teste, simplesmente porque eles não conseguiram incluir uma pequena parte da informação.

Nós temos anos de experiência ajudando empregadores e indivíduos a vincular a função específica de trabalho com o código de prática correta sob o qual a solicitação de visto Geral Nível 2 terá de ser apresentada. Isso então desbloqueia as exigências essenciais que precisam ser cumpridas sob essa função específica de trabalho. Então, nós guiamos nossos clientes com orientações claras e fáceis de entender sobre como passar no RLMT. Se você é uma empresa ou um indivíduo que pensa que esta pode ser uma rota adequada para você, então por favor, marque uma consulta.

Como posso solicitar? Por favor, fale com um de nossos consultores no +44(0)20 7043 6026

Avaliação Gratuita